Como elaborar um currículo para a área de química

Um químico pode atuar em diversos segmentos. Na área industrial, onde estão empregados a maioria destes profissionais, o trabalho consiste basicamente na busca de um melhor aproveitamento dos insumos e seus derivados, além do controle de impurezas. Na química medicinal ou farmacêutica, que está em expansão no Brasil, as atividades priorizam o desenvolvimento e aprimoramento de medicamentos.

Já na petroquímica (química de petróleo e biocombustíveis) é um ramo em crescimento, principalmente no Rio de Janeiro, que é um dos maiores polos petrolíferos do país. Nesta área, o químico atua na pesquisa por fontes de energia, cuidado com questões ambientais e no aperfeiçoamento de produtos de higiene, borracha, entre outros. Outra área bastante conhecida é a química nuclear, que lida com compostos usados para fins nucleares.

Como é possível perceber, a química é uma área ampla e que possui termos muito técnicos. Como destacar um currículo para esta área e chamar a atenção dos recrutadores? Separamos dicas valiosas para isto. Confira:

1 – Deixe claro a área que deseja atuar

Como exposto acima, a área de química é muito ampla e contempla uma infinidade de atividades. Por isso, leia com atenção o pré-requisito da vaga. Se você têm os interesses, habilidades e competências que o empregador está procurando, dê ênfase nisto.

2 – Linguagem simples e objetiva

A área de química contém muitos termos técnicos, mas deixa para utilizá-los na entrevista. Para o currículo, prefira uma linguagem clara, simples e objetiva para prender a atenção dos recrutadores. A leitura está cansativa? transforme o texto em listas. Faça o possível para facilitar o entendimento da sua experiência profissional.

3 – Destaque suas experiências

Quais técnicas de análises você conhece? Já participou da criação ou desenvolvimento de algum medicamento ou produto? Tem experiência com análise de alguma bactéria em específico? Mostre todo o seu conhecimento no campo de experiências. Isto será primordial para você conquistar a vaga que deseja.

4 – Normas e processos

Um profissional desta área deve estar em dia com as normas, processos e ISO’s que os órgãos regulamentadores exigem. Destaque o seu conhecimento quanto a isto e, se tiver alguma certificação, não deixe de mencionar no currículo.


Agora é só colocar as dicas em prática! Quer deixar o seu currículo atrativo e diferenciado? Conte com o Currículo 10 nesta missão! Saiba mais aqui.


Deixe um Comentário





X